Monday, 30 April 2007

Carta Aberta ao Dr. Marques Mendes

(envida por e-mail a 28.04.07 e por fax a 30.04.07)

Exmo. Senhor
Presidente do PSD
Dr. Luís Marques Mendes

Lisboa, 28 de Abril de 2007


Exmo. Senhor Presidente,

Dirijo-me a V. Exa com todo o respeito e na esperança de que, como pessoa inteligente que é, e de que um dia possa votar em si para Primeiro-ministro deste país (se nessa altura ainda restar alguma coisa) perceba o logro em que caiu ao defender a denominada "Teoria do Arguido".

Qual o sentido que tem que quem seja constituído arguido no âmbito das suas funções públicas e políticas, e sem que seja condenado, tenha que suspender as suas funções?

Nenhum, ainda entendo, que não se escolham candidatos já arguidos, agora fazê-los suspender já me parece um abuso, pois se alguém quiser arrasar com a vida pessoal e profissional de algum militante do meu e seu partido, basta escrever uma carta anónima fazendo um conjunto de acusações ao MP, que este considere de algum interesse, logo, o mesmo é constituído arguido e, em virtude dos prazos judiciais, e do seu incumprimento por parte dos magistrados (com ou sem razão) só passados 3 ou 4 anos teremos julgamento.

O que acontece entretanto a este cidadão, que tem um nome, que tem uma família, que tem uma profissão?

Não sei se já ponderou o que está a acontecer à cidade de Lisboa em consequência da sua "Teoria do Arguido":
· Em 1ª instância a mesma é de constitucionalidade duvidosa (ou mesmo inconstitucional) porque violadora dos mais fundamentais e essenciais direitos dos cidadãos, no caso concreto da presunção de inocência até ao momento do trânsito em julgado da sentença condenatória.
· Em 2ª instância a mesma é violadora do princípio básico, e também constitucional, do respeito pela vontade popular, princípio basilar da democracia e do Estado de Direito. Ao contrário do que se passa com os membros do governo (os quais não são eleitos), todos os autarcas deste país, são eleitos pelos portugueses e não pelos militantes dos partidos (esses elegem-no a si). Nalguns casos são independentes, não estão portanto sujeitos à disciplina partidária, mas, mesmo que se trate de militantes, reconheça-se o mérito de ser uma eleição com um enorme peso pessoal.

A Sua "Teoria do Arguido" levou ao afastamento compulsivo na CML - e não diga que foram decisões pessoais! Pois nem o senhor nem eu acreditamos nisso – dois vereadores - um militante e outro não - de importância fundamental para a governação da cidade, e corremos o risco sério de ver o Presidente da CML ser constituído arguido?

Que pretende fazer?

Pretende substitui-lo - A ele, que ganhou - por ser ele - as eleições, para o PSD - pela desconhecida Marina - se a mesma fosse cabeça de lista teria, o mesmo PSD, perdido as eleições e não estaria à frente dos destinos da cidade.

A isto chama-se ingratidão e falta de decoro partidário.

Primeiro, escolhem os Independentes para ganhar as eleições - que os militantes não conseguem ganhar - e depois, com argumentos mais ou menos capciosos, vamos afastando - cada um deles - como se de verdadeiros obstáculos se tratasse, para os substituir pelos conhecidos "boys e girls” do partido que nem contra o "rato mickey" ganhavam!

Estes "boys e girls" entram para as listas formadas elas próprias com base em critérios duvidosos quer do ponto de vista da competência política quer do ponto de vista da competência profissional, porque são membros da JSD ou de uma qualquer secção - onde foram eleitos normalmente por um número normalmente muito pouco expressivo de militantes.

Não chega já os estragos que o PSD, e as suas diferentes direcções, tem causado à cidade de Lisboa nos últimos 5/6 anos, primeiro – e não da sua responsabilidade - deixando ser candidato Pedro Santana Lopes -ele sim o principal responsável por tudo o que está a acontecer na CML, pois lembro-lhe - não acredito que esteja esquecido – que, quer um caso, quer o outro, foram da responsabilidade do mandato anterior.

E, já agora esclareça-me: esta sua "Teoria do Arguido" é aplicável a todos os autarcas do PSD ou independentes nas listas do PSD ou só se aplica a Lisboa?

Não estão também arguidos o Presidente da CMP Dr Rui Rio (Pessoa aliás, pela qual tenho especial apreço), e o Presidente da CM de Vila Nova de Poiares, Jaime Soares, sendo que este último não está já a ser ouvido mas em fase de julgamento!

E, ao que parece não são só estes!

Quantos mais autarcas será preciso serem arguidos para que V. Exa se decida alterar esta "Teoria"?

Vai também exigir ao Ex Ministro da Segurança Social da Família e da Criança, Fernando Negrão, a ser constituído arguido brevemente no processo da passagem compulsiva à reforma de 60 funcionários da CMS - que suspenda o mandato? E já agora, só o de vereador, ou também o de deputado?

Peço-lhe que, em nome dos valores da Justiça e da democracia, que julgo que ainda acredita, e, se não quer ficar com um partido cheio de "boys" cujo único objectivo é usarem o partido para subir na vida - já que de outra maneira não chegavam nem lá, nem a lado nenhum - arrepie caminho, assuma que estava errado, e que os danos causados com a saída de autarcas não condenados, são maiores, que a virtude de não ter arguidos a desempenhar cargos autárquicos os quais são sistematicamente substituídos por gente de manifesta menor qualidade.

A continuar assim nas próximas eleições ninguém, com prestígio e mérito, estará na disposição de ficar a seu lado.

Terá para o apoiar, talvez pessoas como Helena Lopes da Costa (que já apoiou todos os presidentes do partido, sempre por especial conveniência pessoal). É verdade, já terá sido constituída arguida? Ainda é deputada?. E António Preto: o processo judicial já terminou? Ainda é deputado? Porque só suspendeu por um período reduzido?

Posso-lhe garantir que se alterar a sua posição tem mais a ganhar do que a perder!

Em nome dos princípios mais fundamentais do PSD não se substitua à justiça, e não condene previamente militantes nossos que estão na política porque gostam e que tudo deram por ela e pelo PSD, muitas vezes em detrimento das suas vidas familiares - e o seu caso é um bom, exemplo disso - e sempre em detrimento da sua vida profissional, como é o caso do Ministro Bagão Félix.


A BEM DO PSD, A BEM DE PORTUGAL, REVEJA A SUA TEORIA!

SAUDAÇÕES SOCIAL DEMOCRATAS

Ana Marques

13 comments:

Sino said...

Parabéns. Estou convosco.

Sino said...

O Túnel do Marquês foi finalmente inaugurado.
É uma obra municipal da maior relevância para a cidade de Lisboa.
Venceu a capacidade de planear e fazer; fez-se a prova
de que é possível governar
projectando um futuro de eficiência dos equipamentos,
bem-estar das populações
e criação de condições de desenvolvimento económico.
A cidade deu o maior passo para a modernidade.

Está derrubada a principal barreira ao escoamento de tráfego automóvel de quem entra, sai ou simplesmente circula em Lisboa; a imensa fonte de poluição secou.
Como é habitual em Portugal não foi fácil lançar e realizar a obra.
Santana Lopes tomou a iniciativa e o Professor Carmona Rodrigues concretizou, revelando-se um político persistente, determinado e de bom senso.
Todo o esforço de José Sá Fernades para manter bloqueada a modernização da cidade caiu por terra e reduziu este menino burguês, rico e mimado à expressão da indigência das inutilidades públicas, dos frustrados face à extensão, a todos os comuns mortais, de direitos que ele próprio reservava apenas para si.
Atrasou o progresso dois anos mas foi vencido.
Provocou um incomensurável aumento de custos, despesas e outros encargos à cidade e aos cidadãos mas falhou porque todos nós, ricos e pobres, zèquinhas-bem e as gentes sem berço dourado, todos circulamos agora nas mesmas estradas,com a mesma comodidade e bem-estar.
Este rapaz travesso, tão horrorizado com a invasão da cidade por multidões de gente comum, que não medem distâncias e ousam perturbar a ambiência amaneirada, no sotaque e pose e no resto, da casta dos típicos meninos das avenidas novas ora atertuliados nos centros históricos da moda - este rapaz não é desconhecido.
Há meia dúzia de anos era conhecido nos círculos forenses e, em particular da advocacia, como o advogado dos buracos.
Todos os dias, o sr. dr. fazia pequenas incursões pelas ruas, travessas e avenidas à procura de buracos, falhas no asfalto ou pedras da calçada removidas. Um conduta rebentada era ouro e um taipal menos aprumado enchia-lhe as medidas.
E todos os dias lá ia, com a excitação de adolescente retardado que ganhou uma prenda, redigir a queixa e propôr acção contra a Câmara de Lisboa no tribunal competente.
Desconhece-se quantos ganhos de causa obteve. Mas, sem dúvida, sabe-se que seu ego exibicionista enchia como balão de sopro e presume-se que a sua lista de pendências atingia o tamanho da sua arrogância. E a profundidade da sua inutilidade.
Hoje é vereador e representa essa inutilidade pública que agrega stalinistas, trotsquistas, maoistas e outros simplesmente diferentes, que, em comum, só têm a condição de nunca lhes ter faltado dinheiro para realizar caprichos e as excentricidades.
Vamos ter de continuar a ouvir falar dele e nele, por enquanto. E das cabalas que inventa.
E mais: continuará a atrasar obras; mas não conseguirá demolir o betão.
Especialmente quando a massa do betão é a dignidade e a honra das gentes dignas e honradas.
Carmona Rodrigues sabe isso ... porque é da outra casta: a da simplicidade, do trabalho e da honra.

Sino said...

Acrescento agora título do comentário anterior : CARMONA RODRIGUES É DA OUTRA CASTA

Anonymous said...

Sr. Prof. Carmona Rodrigues

Espero que decida continuar à frente da CML, pois os Lisboetas votaram em si e não no PSD, pois como eu há muitas pessoas que votaram na credibilidade, na eficiência e na honestidade. Pergunte à maioria das pessoas, já não digo de Lisboa, mas de todo o País, quem é a Dra. Marina Ferreira, se alguém a conhecia antes de integrar a sua lista de vereadores. O que o PSD lhe está a fazer é de uma ingratidão sem tamanho, mas como neste País já não existem os valores pessoais do nosso tempo, e como agora é normal é as pessoas serem ingratas e sem escrúpulos, já nada me admira.

Força Carmona e a toda a sua equipe!

zeze said...

Força Carmona!!

Anonymous said...

Carmona, amigo, o povo de Lisboa está contigo.

Marques Mendes e Paula Teixeira da Cruz já exigiram a suspensão dos mandatos das pessoas da tua máxima confiança(a Gabriela e o Fontão). Agora querem promover um assalto à Câmara de Lisboa, obrigando à tua saída.
O povo de Lisboa não vai consentir que cedas a estas pressões porque o que eles pretendem é apenas colocar o teu lugar a tal Marina Ferreira, que o povo de Lisboa não sonha quem é, até porque das duas vezes que tentou ganhar a Junta de Freguesia dos Olivais não o conseguiu. Esta senhora tem conseguido sobreviver profissionalmente, sempre por indicação do Comandante Azevedo Soares. Ninguém lhe conhece uma ideia para a cidade nem ninguém lhe conhece uma única posição sobre nada...Mas, dava jeito a Marques Mendes e Paula Teixeira da Cruz que ela te roubasse o lugar, aliás sempre o pretendeu desde a primeira hora, passou o tempo a minar o teu trabalho junto de toda a gente, através da mentira, dizendo que eras incompentente e que nada decidias...
O PSD devia ter vergonha, e especialmente Marques Mendes, que tanto criticou, opondo-se ferozmente à substituição de Durão Barroso por Santana Lopes por este último não ter sido sufragado, e vem agora em nome da "credibilidade" defender a subida a Presidente da Câmara da Capital do País de uma senhora que ninguém conhece nem por boas nem más razões. Apenas porque não existe! Mas dava jeito...aguentava todo o aparelho partidário que Marques Mendes e Paula Teixeira da Cruz têm colocado nos gabinetes dos vereadores indicados pelo PSD e que não foram escolhidos por ti.

Por todas estas razões e em nome da credibilidade não podes sair, pois estarias a trair todos nós que te elegemos. Eu, como porta-voz de um grupo de residentes em Lisboa, peço-te que não faças a vontade a quem não tem qualquer credibilidade na sociedade portuguesa.

Anonymous said...

Carmona, amigo, o povo de Lisboa está contigo.

Marques Mendes e Paula Teixeira da Cruz já exigiram a suspensão dos mandatos das pessoas da tua máxima confiança(a Gabriela e o Fontão). Agora querem promover um assalto à Câmara de Lisboa, obrigando à tua saída.
O povo de Lisboa não vai consentir que cedas a estas pressões porque o que eles pretendem é apenas colocar o teu lugar a tal Marina Ferreira, que o povo de Lisboa não sonha quem é, até porque das duas vezes que tentou ganhar a Junta de Freguesia dos Olivais não o conseguiu. Esta senhora tem conseguido sobreviver profissionalmente, sempre por indicação do Comandante Azevedo Soares. Ninguém lhe conhece uma ideia para a cidade nem ninguém lhe conhece uma única posição sobre nada...Mas, dava jeito a Marques Mendes e Paula Teixeira da Cruz que ela te roubasse o lugar, aliás sempre o pretendeu desde a primeira hora, passou o tempo a minar o teu trabalho junto de toda a gente, através da mentira, dizendo que eras incompentente e que nada decidias...
O PSD devia ter vergonha, e especialmente Marques Mendes, que tanto criticou, opondo-se ferozmente à substituição de Durão Barroso por Santana Lopes por este último não ter sido sufragado, e vem agora em nome da "credibilidade" defender a subida a Presidente da Câmara da Capital do País de uma senhora que ninguém conhece nem por boas nem más razões. Apenas porque não existe! Mas dava jeito...aguentava todo o aparelho partidário que Marques Mendes e Paula Teixeira da Cruz têm colocado nos gabinetes dos vereadores indicados pelo PSD e que não foram escolhidos por ti.

Por todas estas razões e em nome da credibilidade não podes sair, pois estarias a trair todos nós que te elegemos. Eu, como porta-voz de um grupo de residentes em Lisboa, peço-te que não faças a vontade a quem não tem qualquer credibilidade na sociedade portuguesa.

Miguel said...

É com isto que se revela que os «bons políticos» são aqueles que trabalham incansávelmente para os problemas do País e dos Cidadãos. Uma coisa é certa, nunca se deve retirar ou suspender ou mesmo demitir-se por causa de um Processo Judicial que decerto o Eng. Carmona Rodrigues não será culpado nem quanto mais arguido neste Processo Bragaparques. Já agora, a Bragaparques não pertence ao Dr. Mesquita Machado que é um adepto deste Governo de Vergonha e ainda por cima Socialista? Porque não julguem esse senhor? É por ser do Partido do Governo?
Enquanto não existe julgamento, mesmo que o Cidadão Carmona Rodrigues seja arguido neste processo, não se deve demitir nem o partido deveria pronunciar-se mas sim reforçar politicamente porque isto é um problema politico e não de processos judiciais que no fim nunca têm culpados.
Porquê que o Sr. José (Independente) Sócrates não se demite de Primeiro Ministro de Portugal que deveria ser acusado por governar um País inconstitucionalmente? Depois de sabermos que afinal ele nunca foi e nunca irá ser Engenheiro com o Eng. Carmona é, porquê que continuamos a viver neste terror onde os Partidos de Esquerda, como o Bloco de Esquerda coloca pessoas que não sabem o que querem e ainda por cima são candidatos a todos os cargos do País e não só (estamos a falar de Francisco Louçã que é o Candidato de todas as Presidências de Juntas de Freguesias de Portugal, Candidato de todas as Presidências de Câmaras Municipais de Portugal, Candidato de todas as Presidências de Assembleias Municipais, Candidado a Primeiro Ministro de Portugal, Candidato a Presidente da República Portuguesa, Candidato a Deputado Europeu e daqui a pouco não sabemos que Candidatura podia ter, se calhar Candidato à Presidência das Nações Unidas era o que poderia faltar!...).
Sinceramente em 33 anos de Liberdade e Democracia, chegamos à conclusão que estes politiqueiros que andam nos corredores da Assembleia da República e no Governo o que fazem é «roubar» o dinheiro dos contribuintes e retirar os bens que a Constituição nos consagra.
Com isto eu chego à conclusão que os Autarcas são os que conhecem verdadeiramente os problemas do País, ao menos falam com as populações e recebem as queixas das populações mas ao Sr. Primeiro Ministro nunca chega a receber porque ele mesmo criou um grupelho de Drs., Engs. e Arqs. da Farinha Amparo para não ser incomodado para poder aplicar as Lei Inconstitucionais em prol de uma politica de choques técnológicos a 220 volts.
É tempo de dizer BASTA! Eu apelo aos honrosos cidadãos que visitam este blog e subscrevem ao apoio da permanência do Presidente da Câmara Municipal de Lisboa que o acusam de ter parado Lisboa desde que o «cagão» do João Soares abandonou a Câmara. Lisboa desde que o Eng. Carmona está na Câmara, muita coisa melhorou em prol dos cidadãos de Lisboa, desde o apoio social até às obras de reabilitação da cidade, e que por muito que condenem o Túnel do Marquês, beneficia os cidadãos que se deslocam para Lisboa. Deixemos de hipocrisias e vamos exigir, isso sim, a demissão imediata do Sr. Primeiro Ministro por não ter mais condições politicas para desempenhar tal função e eu estou pronto para liderar esta ideia de constituirmos uma petição pela dissolução deste Governo que retirou beneficios aos cidadãos para interese pessoal do Sr. Primeiro Ministro. Sabemos que o «povo» está descontente com este Governo e em vez de respondermos a Sondagens que já estão manipuladas pelo Governo, vamos dar-lhe cartão Vermelho em Prol da Liberdade que nos foi dada pelos Capitães de Abril no dia 25 de Abril de 1974.
Eng. Carmona NÃO SAIA DA CÂMARA MUNICIPAL! Sr. Sócrates SAIA DO GOVERNO E DEIXEM O POVO GOVERNAR O PAÍS! PORQUE O POVO É QUEM MAIS ORDENA!


Miguel Couto

Anonymous said...

caro prof. carmona rodrigues
é lamentável ver o "circo" montado pelo PSD à sua volta. quem não deve não teme, por isso deixe-os falar porque o senhor foi eleito pelo povo. não abandone a câmara e deixe que primeiro sejam os "ratos" a abandonar o navio.
cumprimentos

Anonymous said...

Professor Carmona, por nós lisboetas, não nos abandone, foi em si que votamos, é em si que confiamos.

Anonymous said...

Lisboa,não votou no PSD, votou no Prof.Carmona. Lamento que a equipa que o rodeou não tenha tido a idoneidade necessária para o acompanhar.Para mim o Sr. Prof. foi traído por aqueles que andam consigo e não tem conhecimento de muita coisa...

Anonymous said...

Senhor Professor, não se deixe influenciar pela farsa criada pelos medíocres, sei que é preciso ter muito auto-controle e ser bastante forte, para aguentar tanta cretinice e mentira .
Alguma dessa força vem de todos nós que o apoiamos.
LISBOA PRECISA DE SI.
FORÇA

Anonymous said...

Força Carmona!